As Novas CRF1100L Africa Twin e Africa Twin Adventure Sports chegam à Europa

  • A moto de aventura mais popular da Honda recebe atualizações tecnológicas e de performances novas e mais abrangentes
  • Novo motor bicilíndrico paralelo de 1.100 cm³ com homologação Euro5 com potência máxima de 75 kW e binário máximo de 105 N·m – mais 7% e 6%, respetivamente
  • 5 kg mais leve, com 10% de melhoria na relação peso/potência, graças a diversas medidas de redução do peso em áreas chave, incluindo motor, quadro e braço oscilante
  • Novíssimo ecrã TFT Multi-Informações de 6,5 polegadas, inclui protocolo Apple CarPlay® e conectividade Bluetooth, tudo controlado pelo toque dos dedos
  • Quatro modos de condução pré-definidos e dois modos personalizáveis pelo utilizador – permitem alterar e aperfeiçoar parâmetros tais como Potência (P), Travagem do Motor (EB), sistema HSTC de controlo de tração, Controlo Anti-cavalinho e função de ABS em curva
  • Sistema HSTC de controlo de tração, juntamente com função de controlo anti-cavalinho e anti-levantamento da roda traseira, agora todos geridos pela unidade IMU de medição de inércia; o controlo da velocidade de cruzeiro é equipamento de série
  • A CRF1100L Africa Twin tem uma orientação ainda maior para a condução fora-de-estrada
  • A CRF1100L Adventure Sports está ainda mais preparada que nunca para as viagens de longa distância – e agora está também disponível com o sistema opcional de suspensões SHOWA EERA
  • Ambos os modelos continuam disponíveis com caixa DCT de dupla embraiagem

A Africa Twin evoluiu. Mais leve, mais potente e repleta de tecnologias de ponta, a Africa Twin e a sua irmã Adventure Sports sofreram uma atualização de fundo – e têm agora identidades ainda mais distintas – dando aos condutores o melhor equipamento que existe para enfrentarem todas as verdadeiras aventuras, desde os trilhos fora-de-estrada, às maratonas transcontinentais, sempre no melhor estilo "True Adventure".

Quadro e motor

Prevista para chegar à Europa no decorrer de 2019, a Africa Twin está agora equipada com uma nova unidade bicilíndrica de 1.084 cm³ com homologação Euro5 (antes, a cilindrada era de 998 cm³). As revisões no motor foram muito ao detalhe, incluindo a elevação das válvulas, camisas em alumínio nos cilindros e nova válvula de controlo do escape, com performances ainda mais fortes, tudo em conformidade com a exigente norma Euro5 de emissões para 2020. A potência máxima aumentou 7%, para 75 kW às 7.500 rpm e o binário máximo subiu 6%, para 105 N·m às 6.250 rpm; o motor retém toda a suavidade que lhe é caraterística na entrega destes valores e continua a ter uma sonoridade fantástica e distinta.

Esta unidade está montada num quadro novo com sub-quadro em alumínio – através de parafusos, em vez de soldada ao quadro principal. O braço oscilante em alumínio também é novo e está agora mais leve, oferecendo uma tração traseira e uma sensibilidade ao condutor ainda melhores.

Eletrónica e painel de instrumentos

O conjunto de sistemas eletrónicos é compreensivo e é gerido pela nova unidade IMU de seis eixos; o sistema inclui acelerador eletrónico (Ride-by-Wire) e sistema HSTC de controlo da tração, para além do controlo da velocidade de cruzeiro, ABS com função de curva, controlo anti-cavalinho, controlo anti-levantamento da roda traseira e piscas com função de travagem de emergência. Há seis modos de condução disponíveis: em quatro deles, os níveis de potência, travagem do motor e ABS são pré-definidos e serão usados de acordo com a situação de condução: Tour, Urban, Gravel e Off-road; os dois modos User permitem personalizar todos os parâmetros de acordo com as necessidades e estilo de condução.

A CRF1100L Africa Twin está equipada de série com um ecrã multi-informações TFT por toque de 6,5 polegadas. O nível de informações apresentado é fácil de interpretar e de usar e a própria unidade é elegante e bastante delgada e pode ser personalizada ao nível preferido do condutor; as informações são mostradas de forma clara e concisa, muito fácil de percecionar seja a que altura do dia for. O ecrã TFT de controlo por toque também é compatível com o protocolo Apple Carplay®, permitindo ao condutor obter indicações da direção, fazer e receber chamadas telefónicas e ainda ouvir música através das aplicações instaladas no smartphone ligado.

CRF1100L Africa Twin

Com a sua maior capacidade para enfrentar a condução fora-de-estrada a nova CRF1100L Africa Twin está agora ainda mais afilada, com uma ciclística tipo raly muito pronunciada, um depósito mais estreito e um banco 40 mm mais delgado, com regulação a 850 ou a 870 mm.

O para-brisas é baixo e deixa o condutor mover-se livremente para a frente e para trás, seja sentado ou em pé; as proteções de punho e a proteção de cárter são compactas e contribuem também para a redução geral de 5kg no peso da moto. Os 10% de aumento da relação peso/potência trazem consigo todo um novo nível de performances dinâmicas. 

CRF1100L Africa Twin Adventure Sports

Partilhando o mesmo "triângulo de condução" com a sua irmã Africa Twin, a CRF1100L Africa Twin Adventure Sports é um modelo totalmente equipado para as viagens de longa distância.

O depósito é maior e tem agora capacidade para 24,8 litros de combustível, aumentado a autonomia para mais de 500 km; a carenagem frontal está mais larga, o para-brisas tem cinco níveis de regulação, os punhos são aquecidos e existe uma tomada para carregar acessórios, oferecendo ainda maior funcionalidade e conveniência.

As atualizações tecnológicas são orientadas para o condutor e incluem novas luzes de curva de três fases de funcionamento – criando um feixe luminoso mais amplo à medida que a moto se inclina – e o condutor pode selecionar as suspensões (opcionais) ativas Showa EERA (Electronically Equipped Ride Adjustment).

Alinhadas com os quatro modos de condução pré-definidos e os dois modos User, as suspensões Showa EERA oferecem três níveis por defeito de afinação da pré-carga e usam a unidade IMU de seis eixos e a tecnologia de válvula de equilíbrio livre na forquilha dianteira para oferecer as respostas perfeitas, independentemente do terreno.

Transmissão de dupla embraiagem

A Honda já vendeu mais de 100.000 motos equipadas com DCT em toda a Europa – um sistema ainda único na indústria motociclística – desde que o sistema foi apresentado pela primeira vez como opção na VFR1200 em 2009. Cerca de metade dos clientes da Africa Twin optaram pela versão com este sistema.

O sistema tem sofrido uma evolução constante ao longo da última década. Nesta nova Africa Twin, o sistema DCT tem uma função de deteção das curvas que recebe sinais da unidade IMU, o que oferece mudanças ainda mais naturais nos modos automáticos D ou S.

Cores

A CRF1100L Africa Twin vai estar disponível nas cores Vermelho Grand Prix Red e Preto Ballistic Metalizado Mate, complementadas as duas por um bonito sub-quadro vermelho. A versão Adventure Sports estará disponível em acabamento Tricolor Branco Pérola Glare – a fazer lembrar a clássica XRV650 original – e em Preto Metalizado Darkness.

Desde que o modelo foi lançado em 2016, já foram vendidas mais de 87.000 unidades da Africa Twin. Com este conjunto abrangente de atualizações – cujo desenvolvimento envolveu 21 pedidos de novas patentes – a Honda pretende chegar a milhares de novos clientes, oferecendo-lhe toda um conjunto de experiências de afirmação de vida que só este modelo verdadeiramente "True Adventure" pode proporcionar.


@ 23-9-2019 10:23:01

Galeria de fotos


Mais